Diálogos…

outubro 6, 2009

Liii diz:

nabuco, mas como vc ta agora? vc ta rica?

e a cabeleira? ai me atualiza

 

Ana Carolina diz:

Ai, to um tufão, né?

gente, o que não é o tempo, hein?

to um leão, belíssima

de anel grande e sombroca feita

vc não compra como eu to nem na boutique da negritude jr

entreguei o projeto do tcc hoje

passei a noite com a amy

e mais: botei ela pra dormir

mirim.

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA

 

Liii diz:

HAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAHHA….

DUCO A AMY NUNCA FOI PAREO PRA VC,….ela é beginner

 caroladdario

De topete

setembro 22, 2009

CONEXÃO SÃO PAULO – COIMBRA

 

Liii diz:

mano

que revolução é essa???

 

Ana Carolina diz:

Amiga

não é a de canudos

não é a das flores

(já que vc tá em portugal)

não é a dos zappateiros

nem dos cubanos

nem dos tropicalistas

nem dos estudantes franceses de 68

nem dos chilenos

nem dos chineses de mao

nem dos punks

nem dos emos

nem dos índios do xingu

nem dos pernambucanos contra os franceses

nem dos cubanos de miami

nem do exército da paz no taiti

nem do povo contra o golpe em honduras

nem da imprensa argentina contra os kirchner

É A REVOLUÇÃO DA AMY!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

eu sou adepta.

e você?

 

Liii diz:

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH

 

Ana Carolina diz:

não? hahahah

 

Liii diz:

COMO FAZ, DUCO?

HOJE TEM BAR ESTILO AMY. SANGRIA A LA VONTE

 

Ana Carolina diz:

eu adoro que vc tá em portugal e fala francês’a la vonte’

 

Liii diz:

merci

fe, to fazendo aula

 

Ana Carolina diz:

de nadi. 

 

Depois não assume que aderiu à revolução da Amy. Tsc tsc…

caroladdario

Oi

agosto 5, 2009

tea_for_two

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please?

Tiete

agosto 4, 2009

«A viagem não acaba nunca. Só os viajantes acabam. E mesmo estes podem prolongar-se em memória, em lembrança, em narrativa. Quando o viajante se sentou na areia da praia e disse: “Não há mais que ver”, sabia que não era assim. O fim da viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite, com sol onde primeiramente a chuva caía, ver a seara verde, o fruto maduro, a pedra que mudou de lugar, a sombra que aqui não estava. É preciso voltar aos passos que foram dados, para os repetir, e para traçar caminhos novos ao lado deles. É preciso recomeçar a viagem. Sempre. O viajante volta já.»

Assim é. Assim seja.

José Saramago

Sintonia com Mago. Sempre chegamos ao sítio aonde nos esperam. O livro dos itinerários. A viagem do elefante. Salomão. Tietagem. Digno.

pspinola

‘Harry Potter é o Peter Pan dessa geração’

julho 27, 2009

Antes de assistir ao 6° filme do Harry Potter, me diverti (assumo) vendo as fotos das sessões em vários países. As pessoas – crianças + nem tão crianças assim + nada crianças – vestidas a caráter!!! Valia qualquer tipo de acessório de bruxaria e eu achei engraçado.

Hoje, vejo matéria no New York Times contando essa história; de como os personagens do filme cresceram e seus fãs também. Esse sexto filme foi lançado quase doze anos depois do primeiro livro, segundo a matéria.

Em universidades americanas os alunos jogam uma versão real do quadribol do livro (esporte em que eles voam na vassoura). Apesar dos alunos não voarem, a vassora tá lá entre as pernas, olha:hp

Uma parte legal da matéria em tradução simples: “Deixe os boomers (geração que nasceu após a 2° Guerra Mundial) terem o 40° aniversário do Woodstock. Deixe a Geração X comemorar 15 anos após Kurt Cobain atirar em si mesmo. Para a Geração Y – aqueles que nasceram entre 1980 e 2003 – é a cultura pop dos anos 90 e 2000 que os deixa saudosos.”

Só não entendi o título, já que sou de 87 e peter pan é meu desenho preferido da disney. Não sei onde me encaixo.

pspinola

Gracinha para os pais

julho 27, 2009

Já que dizem que geralmente a gente presenteia com algo que gostaríamos de ganhar, é pra você papi:

pais3

Fusca pendrive e portarretrato (nova regra da ortografia), os dois da imaginarium. Oldschool.

pspinola

A hora da gracinha

julho 27, 2009

“A Maior Flor do Mundo”

Os contos infantis devem ser escritos com palavras muito simples porque as crianças, desde pequenas, sabem poucas palavras e não as querem muito complicadas.

Gostaria de saber escrever estes contos mas nunca fui capaz de aprender e, isso me dá muita pena.

Porque, além de saber dizer as palavras, é necessário ter habilidade para contar de uma maneira muito clara, bem explicada e com muita paciência.

Me falta,pelo menos, a paciência que nunca tive por dom.

Se eu tivesse essas qualidades, poderia contar com todo o detalhe uma história preciosa que um dia inventei…

Este é o conto que queria contar.

Sinto não poder narrar contos infantis, mas pelo menos, já sabem como seria a história e podem explicar de outra maneira com palavras mais simples que as minhas. E, que talvez mais adiante é que saberei escrever histórias para crianças.

Quem me diz que um dia não escutarei outra vez esta história, escrita por você, mas de uma forma muito mais bonita.

E se os contos infantis forem de leitura obrigatórias para adultos?

Seríamos realmente capazes de aprender o que, desde há muito tempo vimos ensinando?

José Saramago

Homenagem

julho 27, 2009

Há três dias Fezinha me contou de uma descoberta vocacional feita com os próprios olhos. E sabe quando a gente conversa de alguma coisa com alguém e depois que já não estão mais juntos (ódio) você começa a ver várias coisas escritas/cozinhadas/ feridas/pintadas/assadas/ cantadas/ovacionadas SOBRE O MESMO TEMA? 

Duquesa, Saramago também não sabia que servia pra coisa. Olha aqui.

(Em um futuro próximo a gracinha de que aqui falamos será postada)

Sem mais,

Duca

100 Coisas que seus filhos não vão conhecer

julho 24, 2009

Segundo a revista Wired, essas são as coisas que não iremos esquecer e nossos filhos não irão conhecer. Como são 100 e são separadas por tópicos do mesmo assunto, vou salpicar aquelas que tocam o coração. (Workshop com Sidney Magal – aprendendo a ser adoravelmente cafona)

1) Colocar um VHS no videocassete – reliquia

3) Walk-man

4) Os números dos canais de TV só terem um dígito

37) Achar uma informação em uma enciclopédia

50) PRIVACIDADE

53) Esperar muitos minutos (ou até horas) para fazer algum download

58) Colocar filme na câmera

71) Lembrar o telefone de alguém

72) Não saber quem te ligou no celular

Que tempo booom, que não volta nunca maaaaaais.

pspinola

A ignorância é uma bênção

julho 22, 2009

Não deve ser fácil essa vida de Pacman…

Deus que me perdoe, mas eu não daria conta.

tirinha

Tô fora.

caroladdario


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.