Archive for novembro \14\UTC 2008

Um ponto diversificado e solidário

novembro 14, 2008

Por Fabíola Nascimento

 

Olá olá olá!!!

Ficamos muito tempo sem postar, não é?! Mas, tudo bem, agora estamos de volta! E com uma novidade: você já ouviu falar em comércio justo? Temos um bom exemplo para ilustrar esse conceito: a loja Ponto Solidário compra diversos produtos de ONGs, aldeias indígenas, comunidades e outras instituições marginalizadas no mercado e as vende em sua loja. Parece igual a todas as outras, mas, não é não. A diferença é que não existe lucro, o dinheiro que o artesão ou coletividade recebe é exatamente como se ele vendesse por conta própria – só que na loja, a mercadoria tem mais visibilidade.

            A Ponto Solidário, além de se basear no comércio justo, também se baseia na sustentabilidade, ajuda a preservar o meio ambiente e faz um trabalho solidário: pessoas que dormiam em albergues, como o da Barra Funda, e começaram a fazer artesanato com jornais, como na Oficina Boracea, começaram a ganhar renda e hoje não precisam lá dormir mais, eles têm dinheiro para pagar o aluguel de suas casas.

Esse tipo de comércio também incentiva o consumidor a comprar produtos que tenham compromisso com o desenvolvimento de comunidades ou grupos de pequenos produtores. E esses artigos à venda, são os mais variados possíveis e vindos do Brasil inteiro.

E você pensa que é pouca coisa? Não é não!!! Grandes empresas como Philips, Camargo Correa, City Bank, Medial Saúde, IG e Pirelli já compraram deles brindes corporativos para distribuir em eventos internos e externos.

            Você tem que ir lá, pelo menos para conhecer a loja e bater um papo com as duas simpáticas e únicas funcionárias: Odile e Idália. Olha, vou colocar, novamente, o site da loja: www.pontosolidario.org.br

       clip_image002fgdfg fg 

Anúncios